fbpx

Seguidores ou Interação? Que tal os dois?

No trabalho diário com as redes sociais percebi que muita gente se preocupa muito com a quantidade de seguidores que um perfil possui e nem tanto por quantos seguidores interagem com as postagens.

Um grande número de seguidores pode significar, pra muita gente, que o perfil detém certa “autoridade”, mas quando a gente compara a relação entre seguidores e interação, se dá conta de que muitos perfis não tem tanta autoridade assim.

Quando me deparo com uma situação dessas (muitos seguidores e pouca interação), tiro algumas conclusões: aquele perfil comprou seguidores, o conteúdo não foi pensado para o seu público, a frequência de postagens é muito alta.

Tem exceção? Sim, claro. Dependendo da área de atuação daquele perfil, a taxa de engajamento será baixa mesmo. Como o meu perfil por exemplo, que é utilizado para divulgar trabalhos realizados e realizáveis. O público é muito restrito, mesmo tendo um número razoável de seguidores, obtidos através de um trabalho de engajamento, interação e segmentação, a quantidade de interações é relativamente baixa.

Esse mesmo trabalho realizado em outros perfis, ligados por exemplo perfis de profissionais de saúde, de moda, de influenciadores digitais, etc, tem um resultado bem acima da média.

 

TAXA DE ENGAJAMENTO

A Taxa de Engajamento (%) é calculada através do número total de atividade em uma postagem, divididos pelo número total de seguidores. Para o Instagram, usamos a seguinte fórmula, que também é utilizada pelos sistemas que fornecem métricas das redes sociais, como o Social Bakers:

 

Taxa de Engajamento - Cálculo

 

O legal é que além de analisar nosso próprio desempenho também podemos compara-lo com de nossos concorrentes, independente do tamanho das bases, pois a Taxa de Engajamento é sempre uma relação proporcional ao tamanho da página.

É possível comparar páginas com 1 milhão de seguidores com páginas com 10 mil e temos um resultado real e imparcial.

 

METODOLOGIA

Fizemos um comparativo elegendo perfis típicos de influenciadores digitais das áreas de fitness e saúde, moda, celebridades e uma geral, classificada apenas como Digital Influencers. Foram escolhidos apenas 6 (seis) perfis de cada segmento.

Para cada perfil foram apuradas as quantidades de curtidas e comentários nos últimos 3 meses e foi extraída a TAXA DE ENGAJAMENTO de cada um dos perfis.

 

RESULTADOS

Taxa de Engajamento Instagram - Fitness e Saúde

 

Taxa de Engajamento Instagram - Moda

 

Taxa de Engajamento Instagram - Digital Influencers

 

Taxa de Engajamento Instagram - Celebridades

 

Depois, foi calculada a média de cada segmento. Veja o gráfico abaixo:

Taxa de Engajamento Instagram - Geral

 

E, por fim, foi calculada a média geral da Taxa de Engajamento que é de 2,05%.

Sabemos que essa pesquisa foi restrita a área que consideramos como influenciadores digitais, mas que pode servir de comparação para sabermos qual a taxa de engajamento do nosso perfil ou do perfil de um cliente.

Na prática, o ideal é que você faça a pesquisa com perfis similares ou concorrentes para ter dados mais específicos.

 

MAIS SEGUIDORES OU MAIS INTERAÇÃO? POSSO TER OS DOIS?

É possível melhorar a Taxa de Engajamento? Sim, claro.

Fazemos um trabalho que visa aumentar a taxa de engajamento e o número de seguidores. Imagine aumentar o percentual da Taxa de Engajamento do seu perfil em 2%. Isso, num perfil com 100 seguidores, significa em média 2 mil curtidas a mais por postagem.

 

CONCLUSÃO

Com este tipo de análise podemos chegar a conclusões interessantes, e isso tudo com um método já testado, aprovado e que é “senso comum” na comunidade ao redor do mundo:

1) Uma página com 1 milhão de fãs pode engajar bem menos que uma página com 100 mil fãs;
2) Não adianta ter uma página com muitos seguidores e uma taxa de engajamento muito baixa, pois apesar de uma página com muitos seguidores causar mais impacto de cara, isso pode ser apenas uma ilusão. Já há algum tempo tem se tornado comum uma prática conhecida como “compra de seguidores”, “siga e te sigo de volta” ou “troco likes”.

Em uma análise mais aprofundada poderíamos levantar vários outros pontos que seriam muito úteis para cada página:

  • qual conteúdo mais engaja, qual menos engaja;
  • que horário engajamento mais e qual o pior horário;
  • qual o perfil do público que mais se engaja;
  • qual a melhor linguagem, etc…

Isso ajudará na estratégia do produção de conteúdo, e porque não, e até mesmo na estratégia de negócios das empresas.

Fale conosco e faremos uma avaliação aprofundada da situação atual do seu perfil e uma projeção para os próximos meses.

 

 


Compartilhar: